IVG: a Mulher decide, a Sociedade respeita, o Estado garante

segunda-feira, julho 10, 2006

Dia Nacional de Luta - Um estímulo para continuar!

O dia 28 de Junho, data em que se registou a passagem de oito anos da realização do Referendo, transformou-se num Dia Nacional de Luta pela Despenalização do aborto com assinalável impacto por todo o País.

O modo como correi este Dia demonstra que a generalidade da população não só não esqueceu o aborto clandestino como dá prioridade à aprovação de uma lei na Assembleia da República que despenalizse a interrupção voluntária da gravidez até às 12 semanas, a pedido da mulher e igualmente ao reforço das medidas preventivas nomeadamente: efectivar as consulta de planeamento familiar, o acesso à contracepção e concretizar uma educação sexual esclarecedora.

Esta acção reforça os argumento das forças políticas e sociais que intervieram a favor do Sim no Referendo de 28 de Junho de 1998 e que face aos seus resultados defenderam a devolução da resolução do problema à Assembleia da república e a responsabilizaram por retomar o processo legislativo visando a aprovação de uma nova lei.

Vamos continuar

Este dia de luta contou com a realização de mais de 30 bancas, entre outras acções, e com a particpação empenhada de mais de cem activistas do Movimento pela Despenlização da IVG, comprometidas com o esclarecimento continuado.

É um estímulo para o futuro, o facto de estarem recolhidas mais de 20 mil assinaturas o que demonstra a vontade em recordar aos deputados da Assembleia da república que o início da nova sessão legislativa em Setembro deverá ser, finalmente, o momento de fazer aprovar uma nova lei.